quinta-feira, fevereiro 16, 2006

ORAÇÃO A JESUS

Jesus, meu Divino Mestre!

Muitas vezes nós te encontramos a chorar por aquelas criaturas que leram o teu Evangelho, compreenderam todos os teus ensinamentos, mas que te deram as costas, Jesus.

Trancafiaram-se dentro das grandes mansões e não acolheram, lá no meio da rua, aquelas criaturinhas que muitas vezes estavam caídas pelas calçadas, muitas vezes passando fome, muitas vezes passando frio.

E outros mais, meu Jesus Amado, foram confinados no fundo dos manicómios, esquecidos pelos seus entes queridos.

Mas tu, meu Mestre, na tua bondade infinita, por eles tu choravas!

Lágrimas puras como o orvalho sobre as folhas das florestas.

E hoje, neste instante, eu peço-te a humilde permissão para que eu possa, também, chorar por ti.

Deixa que as lágrimas banhem meu rosto, como verdadeiros cristais que saem do fundo de minha alma, como um grito de reconhecimento e de amor que possa subir até ti, por toda esta humanidade desvalida!

Obrigado, meu Mestre!

ISMAEL ALONSO

2 comentários:

Francisco da Silva disse...

Meu caro Guerreiro da Luz, continue sempre assim empenhado na sua senda.
Que Deus o ajude a caminhar, pois o seu trabalho, não vai ter fim, uma vez que como tudo de bom nesta vida, sofre os seus retrocessos.
Mas continue com a sua força e de certeza levará a água ao seu moinho.
Bem haja

Guerreiro da Luz disse...

Obrigado pela Força, meu Irmão Francisco!

Não abandone também, o Caminho!

Muita Paz!

Guerreiro da Luz