sexta-feira, outubro 20, 2006

ORAÇÃO DIANTE DA INJÚRIA...














Foste, ó Cristo, no mundo, o Servidor Sublime,
Perdão e caridade, ungindo a Natureza,
Fizeste da bondade a eterna luz acesa,
Qual estrela em que o Céu se condensa e se exprime;

Ao teu halo de amor, a Terra se redime,
E, entendimento alçado à Divina Grandeza,
Recuperas o fraco, extinguindo a fraqueza,
Salvas o criminoso e consomes o crime!...

Ante as farpas do mal, dá-nos paz e brandura,
Liberta-nos do ódio a alma pobre e insegura,
Rompe-nos os grilhões das heranças medievas...

E faz-nos sentir ao peito humilde e pasmo
Que mais vale gemer sob a cruz do sarcasmo
Que vencer e sorrir sob o aplauso das trevas!...

Lobo da Costa

In POETAS REDIVIVOS (Francisco Cândido Xavier/Diversos Espíritos)

2 comentários:

Dad disse...

Felicidade a rodos e um óptimo
Fim de semana, apesar de invernoso.
Mesmo com chuva, guarda o sol
No teu coração!

Beijinho,

Guerreiro da Luz disse...

Obrigado!
Paz e Harmonia!
Boa Semana...
Abraços de Paz!