domingo, agosto 28, 2005

Ser Cristão!

Ao que se afirma ser Cristão, cumpre-lhe, sob pena de mergulhar na hipocrisia, estudar a Palavra e a Doutrina do Cristo, subsumidas na Mensagem que o Fundador do Cristianismo, Jesus de Nazaré, na Terra deixou há dois mil anos.

Face à logicidade natural da questão suscitada, pensando que a hipocrisia não reside nesses que se afirmam Cristãos, mais lhes cumpre ser, como fruto dessa sua crença, bons alunos, seguidores e cumpridores das orientações que o Cristo apresentou, por nelas acreditarem e/ou por as terem como sendo o caminho inequívoco de atingir os patamares espirituais que ambicionam alcançar.

Para que o Homem possa dizer que é crente, que acredita, independentemente de quem siga, seja Cristo, Buda, Maomé, Krishna ou outro, deve estudar as orientações doutrinárias que o Fundador desse caminho deixou.

Todos estes avatares e profetas, ao longo de sua caminhada terrena, deixaram testemunho inequívoco de Amor a Deus e ao próximo! Nenhum deles fugiu a essa Missão Crística.

Quando falamos em Missão Crística, não nos estamos a referir, somente, a Cristo, mas sim a todos os que trouxeram a Missão de falar do Amor e da Verdade, já que estes divinos atributos, ao lado da Moral e da Virtude, são as chaves que abrem, a todos, o grande caminho da Vida.

Porque, para Deus não há filhos bastardos, nem ninguém se encontra isolado do seu Amor, é lógico pensar-se que Ele não se ausenta da vida de cada um de nós, procurando, em Sua infinita sabedoria, meios bastante, em ordem a poder ‘tocar’ o coração de seus filhos desviados.

A vinda desses Avatares ou Profetas, mais não foi senão, que o testemunho real dessa preocupação Divina, em nosso benefício.

Mas … lendo jornais, vendo noticiários de TV’s e, bem assim, olhando em nosso redor, bem depressa constatamos que, para nossa infelicidade, muitos são os que não desejam sequer ouvir falar desse Deus, e, indo mais longe, de simples valores e princípios Crísticos, como se isso não fosse bálsamo para nossas dores.

Acaso falar de Deus fez, algum dia, mal a alguém?

Uma Guia de Luz (Joanna de Ângelis), em seu gesto de amor e ajuda, disse-nos, por Divaldo P. Franco, um dia esta máxima:

“O trabalho de auxílio ao outro, é medicação colocada em nossa própria dor.”

Disse-nos tudo e, por isso, aqui estamos, para ficar.

Ficai na Paz e na Luz do Alto.

2 comentários:

solelua disse...

com poucas horas de vida...não podia haver montes de comentários, não é guerreiro da luz?
Inda agora a criança nasceu...já a querem pôr a correr?...calma, ainda vai correr muita tinta.
Um abraço

Guerreiro da Luz disse...

Prezada Irmã SoleLua:

De facto, o comentário que acaba de comentar, que já anulei, não víu que foi na data de 28 de Agosto de 2005 que este Blog veio à luz do dia. Logo, não podia ter 'muitos' comentários...

"Vêem o argueiro no olho do vizinho, mas não vêem a trave no seu..."

Porque não admitimos sentimentos de má educação a ninguém, todos os comentários que nos fizerem serão retirados, se enfermarem por isso.

Este Blog respeitará todos os Pensamentos (não confundir com má educação), sem nunca abdicar dos seus, à Luz do Cristianisno Redivivo que, por Allan Kardec e Chico Xavier, nesta Encarnação, nos ilumina e dá Vida.

Desenganem-se, pois, os autênticos falsos profetas, ou profetas da desgraça, bem como todos os hipócritas e vendilhões de Templos, que tudo comercializam, porque não lhes daremos guarida, enquanto se mantiverem em seu pedestal.

Na Grande Fraternidade Branca Universal, sou,

Guerreiro da Luz!