domingo, agosto 28, 2005

Caríssimos:

Caríssimos:

Ninguém duvida que o Saber está repartido por sectores, por áreas de conhecimento, a que chamamos, com total justiça, Ciências!

Estas Ciências vão-nos oferecendo respostas para a Vida e, assim, vamos, por via disso, caminhando melhor, subindo com maior capacidade os degraus dessa Vida, tornando cada vez mais feliz a nossa existência.

Quando se sabe e se conhece os porquês da Vida, sabe-se de suas respostas e, assim, a ignorância vai saindo de nós, indo desta para melhor! Tem sido assim e assim vai acontecer até à nossa total perfeição, pois para sermos Perfeitos, Deus nos criou!

Felizmente que já compreendemos e aceitamos que somos os obreiros dessa nossa perfeição, dessa nossa felicidade, pois sabemos, por estudo e experiência vivida, que o Criador, a quem chamamos Deus Pai/Mãe, apesar de nos Amar como ninguém, por Sua Vontade, entregou a nós próprios, a responsabilidade desse nosso caminhar, dessa nossa evolução.

Somos, ou já somos, o que somos e, a nós o devemos. Se mais, ou se ainda mais não somos… culpa nos cabe por ainda não termos alcançado onde nos devíamos posicionar.

A Reencarnação é, então, por vontade, amor e justiça divina, o Caminho que nos irá permitir continuar a avançar em direcção a essa nossa perfeição, a essa nossa felicidade que, diga-se, termina junto de DEUS!

Se cremos que somos um Espírito, se cremos na nossa imortalidade; se acreditamos que existe esse Deus Pai/Mãe… então, tudo o resto, se subsume na Ciência Espírita e na Teoria da Reencarnação, graças a esse mesmo Deus Pai/Mãe que nos permite, ou autoriza, ir vivendo essas etapas evolutivas, vindo à carne as vezes julgadas necessárias!

Essa Ciência, como já aflorámos, que nos permite saber desses porquês da Vida é, precisamente, ao lado de outras, a Ciência Espírita, também chamada de: Espiritismo.

Infelizmente, por razão conhecidas mas que nos escusamos aqui de identificar, a palavra Espiritismo, não logra, ainda, boa aceitação entre todos os Filhos de Deus.

Errado? Certo? Diremos… errado, mas… como tudo na vida, o Dr. Tempo se vai encarregar de repor a verdade no seu devido lugar, pois que, a mentira… acabará por ser afastada de Vida do Homem.

Gosto, creiam, de fazer uma certa comparação entre duas palavras, ambas ligadas a valores da Vida: de um lado, coloco a palavra: Juridismo e, do outro, a palavra: Espiritismo.

O Juridismo tem a ver, como se sabe, com a Ciência Jurídica, o Espiritismo, necessariamente, com a Ciência Espírita.

O Juridismo trata e aborda questões próprias do Direito terreno, enquanto que o Espiritismo trata e aborda sobre questões do Direito Eterno, Perfeito, porque Divino, que, diga-se, nada tem a ver com direito canónico.

Se o primeiro termo é Bem-Amado, porque será que o segundo ainda é odiado, se, ambos tratam de Leis, de Justiça, que regulamentam o todo da Vida?

Para sabermos do primeiro, temos a Lei, codificada nos diversos Códigos.

Sobre o segundo, temos a codificação de Allan Kardec e as Obras de: Professor Pietro Ubaldi, Francisco Cândido Xavier e Dr. Inácio Ferreira, entre outras.

2 comentários:

solelua disse...

Parabéns Guerreiro da Luz.
O seu blog é porta aberta para esclarecer...dar a entender os caminhos que existêm para a ascensão...
Só há que procurar e sentir com o coração as verdades Divinas.
Um abraço

Guerreiro da Luz disse...

Obrigado!

Assim será, ad aeternum!

Guerreiro da Luz!